2 Reis 15

1. No vigésimo sétimo ano do reinado de Jeroboão, rei de Israel, Azarias, filho de Amazias, rei de Judá, começou a reinar.

2. Ele tinha dezesseis anos quando começou a reinar, e reinou cinquenta e dois anos em Jerusalém. Sua mãe se chamava Jecolias, de Jerusalém.

3. Ele fez o que era correto diante do SENHOR, conforme tudo o que seu pai Amazias havia feito.

4. Porém os altares das colinas não foram retirados; o povo continuava sacrificando e queimando incenso neles.

5. O SENHOR feriu o rei com lepra até o dia da sua morte. Ele morou numa casa separada, e Jotão, filho do rei, era responsável pelo palácio, e governou o povo da terra.

6. Os demais atos de Azarias e tudo quanto realizou estão escritos no livro das crônicas dos reis de Judá.

7. Azarias descansou com seus pais, e o sepultaram com eles na Cidade de Davi. Seu filho Jotão reinou em seu lugar.

8. No trigésimo oitavo ano do reinado de Azarias, rei de Judá, Zacarias, filho de Jeroboão, reinou seis meses sobre Israel, em Samaria.

9. Ele fez o que era mau diante do SENHOR, como seus pais haviam feito; nunca deixou os pecados que Jeroboão, filho de Nebate, fizera Israel cometer.

10. Salum, filho de Jabes, conspirou contra ele, feriu-o diante do povo, matou-o e reinou em seu lugar.

11. Os demais atos de Zacarias estão escritos no livro das crônicas dos reis de Israel.

12. Esta foi a palavra do SENHOR dita a Jeú: Teus descendentes se assentarão sobre o trono de Israel até a quarta geração. E assim aconteceu.

13. Salum, filho de Jabes, começou a reinar no trigésimo nono ano do reinado de Uzias, rei de Judá, e reinou um mês em Samaria.

14. Menaém, filho de Gadi, veio de Tirza para Samaria, atacou Salum, filho de Jabes, em Samaria, matou-o e reinou em seu lugar.

15. Os demais atos de Salum, e a conspiração que fez, estão escritos no livro das crônicas dos reis de Israel.

16. Então Menaém, vindo de Tirza, atacou Tifsa, todos que lá estavam e os que estavam ao redor. Ele a atacou porque eles não abriram as portas e rasgou o ventre de todas as mulheres grávidas.

17. No trigésimo nono ano de Azarias, rei de Judá, Menaém, filho de Gadi, começou a reinar sobre Israel, e reinou dez anos em Samaria.

18. Ele fez o que era mau diante do SENHOR; durante toda a vida, ele nunca deixou os pecados que Jeroboão, filho de Nebate, fizera Israel cometer.

19. Então Pul, rei da Assíria, atacou a terra, e Menaém deu a Pul mil talentos de prata, para que este o ajudasse a consolidar seu reino.

20. Menaém exigiu esta quantia de todos os poderosos e ricos em Israel, para entregá-la ao rei da Assíria. Cada homem pagou cinquenta siclos de prata; assim o rei da Assíria foi embora sem ficar muito tempo na terra.

21. Os demais atos de Menaém e tudo quanto realizou estão escritos no livro das crônicas dos reis de Israel.

22. Menaém descansou com seus pais. E Pecaías, seu filho, reinou em seu lugar.

23. No quinquagésimo ano de Azarias, rei de Judá, Pecaías, filho de Menaém, começou a reinar sobre Israel em Samaria, e reinou dois anos.

24. Ele fez o que era mau diante do SENHOR; nunca deixou os pecados que Jeroboão, filho de Nebate, fizera Israel cometer.

25. Peca, comandante das suas tropas, filho de Remalias, conspirou contra ele e o atacou em Samaria, no castelo do palácio real, juntamente com Argobe e Arié. Cinquenta homens dos filhos dos gileaditas estavam com Peca; ele o matou e reinou em seu lugar.

26. Os demais atos de Pecaías e tudo quanto realizou estão escritos no livro das crônicas dos reis de Israel.

27. No quinquagésimo segundo ano de Azarias, rei de Judá, Peca, filho de Remalias, começou a reinar sobre Israel, em Samaria, e reinou vinte anos.

28. Ele fez o que era mau diante do SENHOR; nunca deixou os pecados que Jeroboão, filho de Nebate, fizera Israel cometer.

29. Nos dias de Peca, rei de Israel, Tiglate-Pileser, rei da Assíria, atacou e conquistou Ijom, Abel-Bete-Maaca, Janoa, Quedes, Hazor, Gileade e a Galileia, toda a terra de Naftali; e levou os habitantes cativos para a Assíria.

30. Oseias, filho de Elá, conspirou contra Peca, filho de Remalias, atacou-o e o matou; então, reinou em seu lugar, no vigésimo ano de Jotão, filho de Uzias.

31. Os demais atos de Peca e tudo quanto realizou estão escritos no livro das crônicas dos reis de Israel.

32. No segundo ano de Peca, filho de Remalias, rei de Israel, Jotão, filho de Uzias, rei de Judá, começou a reinar.

33. Ele tinha vinte e cinco anos quando começou a reinar, e reinou dezesseis anos em Jerusalém. Sua mãe se chamava Jerusa, filha de Zadoque.

34. Ele fez o que era correto diante do SENHOR, conforme tudo quanto seu pai Uzias havia feito.

35. Porém os altares das colinas não foram retirados; o povo ainda sacrificava e queimava incenso neles. Foi ele que edificou a porta superior do templo do SENHOR.

36. Os demais atos de Jotão e tudo quanto realizou estão escritos no livro das crônicas dos reis de Judá.

37. Naqueles dias, o SENHOR começou a enviar Rezim, rei da Síria, e Peca, filho de Remalias, contra Judá.

38. Jotão descansou com seus pais e foi sepultado com eles na Cidade de Davi, seu pai. E Acaz, seu filho, reinou em seu lugar.