2 Reis 3

1. Jorão, filho de Acabe, começou a reinar sobre Israel, em Samaria, no décimo oitavo ano de Josafá, rei de Judá, e reinou doze anos.

2. Ele fez o que era mau diante do SENHOR, mas não como seu pai, nem como sua mãe, pois tirou a coluna de Baal que seu pai havia feito.

3. Mas seguiu os pecados de Jeroboão, filho de Nebate, com que este havia feito Israel pecar, e não se afastou deles.

4. Messa, rei dos moabitas, era criador de ovelhas e pagava cem mil cordeiros e a lã de cem mil carneiros como tributo ao rei de Israel.

5. Mas o rei dos moabitas se rebelou contra o rei de Israel quando Acabe morreu.

6. Por isso, Jorão saiu de Samaria e arregimentou todo o Israel nesse mesmo tempo.

7. Ele mandou dizer a Josafá, rei de Judá: O rei dos moabitas rebelou-se contra mim; tu irás comigo à guerra contra os moabitas? Ele respondeu: Sim, eu irei; estarei contigo, o meu povo como o teu povo e os meus cavalos como os teus cavalos.

8. E perguntou: Por qual caminho subiremos? Jorão respondeu: Pelo caminho do deserto de Edom.

9. O rei de Israel, o rei de Judá e o rei de Edom partiram e vagaram sete dias; e não encontraram água para o exército nem para o gado que levavam.

10. Então o rei de Israel disse: Ah! O SENHOR chamou estes três reis para entregá-los nas mãos dos moabitas.

11. Mas Josafá perguntou: Não há aqui algum profeta do SENHOR por meio de quem possamos consultar o SENHOR? Então um dos oficiais do rei de Israel respondeu: Eliseu, filho de Safate, está aqui, ele auxiliava Elias.

12. Josafá disse: Ele tem a palavra do SENHOR. Então, o rei de Israel, Josafá e o rei de Edom desceram ao encontro dele.

13. Eliseu disse ao rei de Israel: Que tenho eu contigo? Vai falar com os profetas de teu pai e com os profetas de tua mãe. Mas o rei de Israel lhe disse: Não, pois o SENHOR chamou estes três reis para entregá-los nas mãos dos moabitas.

14. Eliseu respondeu: Tão certo como vive o SENHOR dos Exércitos, em cuja presença estou, se eu não respeitasse a presença de Josafá, rei de Judá, não te daria atenção, nem te atenderia.

15. Porém, agora, trazei-me um harpista. Enquanto o harpista tocava, o poder do SENHOR veio sobre Eliseu.

16. Ele disse: Assim diz o SENHOR: Fazei muitos poços neste vale.

17. Porque assim diz o SENHOR: Não vereis vento, nem vereis chuva; mas este vale se encherá de água, e vós, vossos servos e vossos animais beberão.

18. Mas isso é pouco para o SENHOR; ele também entregará os moabitas nas vossas mãos.

19. Destruireis todas as cidades fortificadas e as cidades principais, cortareis todas as boas árvores, tapareis todas as fontes de água e cobrireis de pedras todos os bons campos.

20. De manhã, na hora do sacrifício, as águas desciam da direção de Edom, e a terra se encheu de água.

21. Quando todos os moabitas ouviram que os reis haviam subido para lutar contra eles, convocaram todos os que tinham idade para manusear armas, do mais jovem ao mais velho, e tomaram posição nas fronteiras.

22. Os moabitas se levantaram bem cedo, quando o sol se refletia sobre as águas, e eles viram à sua frente as águas vermelhas como sangue;

23. e disseram: Isso é sangue! Certamente os reis lutaram entre si e mataram um ao outro! Agora, moabitas, vamos saqueá-los!

24. Mas, quando chegaram ao acampamento de Israel, os israelitas se levantaram e atacaram os moabitas, que fugiram deles; eles ainda entraram no território e mataram ali os moabitas.

25. Eles arrasaram as cidades; cada um deles lançou pedras em todos os bons campos, entulhando-os; taparam todas as fontes de água e cortaram todas as boas árvores; deixaram somente Quir-Haresete com os muros; mas os atiradores de funda a cercaram e a atacaram.

26. Quando o rei dos moabitas viu que seria vencido, levou consigo setecentos homens que lutavam com espada para atacarem o rei de Edom; mas eles não conseguiram.

27. Então pegou seu filho primogênito, que reinaria em seu lugar, e o ofereceu em sacrifício sobre o muro. Isso causou grande revolta contra Israel; por isso eles se retiraram e voltaram para a sua terra.