1 Crônicas 5

1. No caso dos filhos de Rúben, o primogênito de Israel, mesmo sendo primogênito, o seu direito de primogenitura foi dado aos filhos de José, filho de Israel, porque ele tinha profanado a cama de seu pai, de modo que não foi registrado em sua genealogia o direito da primogenitura.

2. Mas, embora Judá tenha se sobressaído aos seus irmãos, e o chefe tenha saído dele, o direito de primogenitura foi dado a José.

3. Os filhos de Rúben, primogênito de Israel, foram Hanoque, Palu, Hezrom e Carmi.

4. Os filhos de Joel foram Semaías, pai de Gogue, pai de Simei,

5. pai de Mica, pai de Reaías, pai de Baal,

6. pai de Beera, a quem Tiglate-Pileser, rei da Assíria, levou cativo; ele foi chefe dos rubenitas.

7. Os seus irmãos, por ordem de suas famílias, quando se registrou a genealogia, foram: o chefe Jeiel, Zacarias,

8. Belá, filho de Azaz, filho de Sema, filho de Joel, que habitou do Aroer até o Nebo e Baal-Meom.

9. Ele habitou também ao leste, até a divisa com o deserto, desde o rio Eufrates, porque seu gado tinha se multiplicado na terra de Gileade.

10. No reinado de Saul, lutaram contra os hagarenos, que foram derrotados. Eles habitaram nas suas tendas, em toda a região oriental de Gileade.

11. O povo de Gade vivia ao lado deles, na região desde Basã até Salca.

12. Joel foi o chefe e Safã, o segundo. Os outros, Janai e Safate, ficaram em Basã,

13. Seus sete irmãos, por ordem de suas famílias paternas, foram: Micael, Mesulão, Sebá, Jorai, Jacã, Ziá e Héber.

14. Estes foram os filhos de Abiail, filho de Huri, filho de Jaroá, filho de Gileade, filho de Micael, filho de Jesisai, filho de Jado, filho de Buz;

15. Aí, filho de Abdiel, filho de Guni, chefe das famílias paternas.

16. Eles habitaram em Gileade, em Basã, e nos seus povoados, e também até os limites dos arredores de Sarom.

17. Todos estes foram registrados, segundo as suas genealogias, no reinado de Jotão, rei de Judá, e, no reinado de Jeroboão, rei de Israel.

18. Os rubenitas, os gaditas e a meia-tribo de Manassés tinham quarenta e quatro mil setecentos e sessenta guerreiros que saíam para lutar. Eles levavam escudo e espada, atiravam com o arco e eram hábeis na guerra.

19. Lutaram contra os hagarenos, e também contra Jetur, Nafis e Nodabe.

20. Foram ajudados contra os hagarenos, os quais foram entregues em suas mãos com todos que estavam com eles, porque clamaram a Deus em plena batalha, e ele os atendeu, porque confiaram nele.

21. Eles levaram cinquenta mil camelos, duzentos e cinquenta mil ovelhas e dois mil jumentos do rebanho dos hagarenos, e também cem mil cativos,

22. pois muitos caíram mortos, porque a batalha era de Deus. Depois disso, ficaram morando no lugar deles até o cativeiro.

23. A meia-tribo de Manassés habitou naquela terra e se multiplicou, desde Basã até Baal-Hermom, até Senir, o monte Hermom.

24. Estes foram os chefes de suas famílias: Éfer, Isi, Eliel, Azriel, Jeremias, Hodavias e Jadiel, guerreiros famosos e chefes de suas famílias.

25. Mas eles pecaram contra o Deus de seus pais e se prostituíram, seguindo os deuses dos povos da terra, povos que Deus destruíra de diante deles.

26. Por isso, o Deus de Israel incitou o espírito de Pul, rei da Assíria, isto é, o espírito de Tiglate-Pileser, rei da Assíria, que levou cativos os rubenitas, os gaditas e a meia-tribo de Manassés; e os levou para Hala, Habor, Hara, e para o rio Gozã, onde estão até o dia de hoje.