2 Crônicas 13

1. Abias começou a reinar em Judá no décimo oitavo ano do rei Jeroboão.

2. Ele reinou três anos em Jerusalém. Sua mãe se chamava Micaías, filha de Uriel, de Gibeá. Houve guerra entre Abias e Jeroboão.

3. Abias preparou-se para lutar com um exército de guerreiros corajosos, quatrocentos mil homens escolhidos; e Jeroboão preparou-se para a batalha contra ele com oitocentos mil homens escolhidos, todos homens corajosos.

4. Então Abias ficou em pé em cima do monte Zemaraim, na região montanhosa de Efraim, e disse: Ouvi-me, Jeroboão e todo o Israel:

5. Por acaso não vos convém saber que o SENHOR, Deus de Israel, deu a soberania sobre Israel a Davi para sempre, a ele e a seus filhos, através de uma aliança permanente?

6. Porém Jeroboão, filho de Nebate, servo de Salomão, filho de Davi, se levantou e se rebelou contra seu senhor;

7. e homens vadios e perversos ajuntaram-se a ele e desafiaram Roboão, filho de Salomão, quando Roboão ainda era jovem e indeciso, e incapaz de resistir-lhes.

8. Agora julgais poder resistir ao reino do SENHOR, que está sob o poder dos descendentes de Davi, visto que sois muitos e tendes convosco os bezerros de ouro que Jeroboão fez para serem vossos deuses.

9. Não expulsastes os sacerdotes do SENHOR, descendentes de Arão, e os levitas, e não escolhestes sacerdotes, como fazem os povos das outras terras? Qualquer um que vem para consagrar-se, trazendo um novilho e sete carneiros, logo se faz sacerdote daqueles que não são deuses.

10. Mas, quanto a nós, o SENHOR é nosso Deus, e nunca o deixamos. Temos sacerdotes que ministram ao SENHOR, os quais são descendentes de Arão, e os levitas para o seu serviço.

11. Eles queimam sacrifícios e incenso aromático diante do SENHOR toda manhã e tarde; também dispõem os pães consagrados sobre a mesa de ouro puro, e o candelabro de ouro e as suas lâmpadas, para se acenderem toda tarde; porque nós temos guardado os preceitos do SENHOR, nosso Deus; mas vós o deixastes.

12. Deus está conosco, à nossa frente, como também os seus sacerdotes com as trombetas, para anunciarem a guerra contra vós. Ó israelitas, não luteis contra o SENHOR, Deus de vossos pais, porque não sereis bem-sucedidos.

13. Porém, Jeroboão armou uma emboscada para atacar Judá por trás, de maneira que as suas tropas estavam em frente de Judá e a emboscada por trás.

14. Então os de Judá olharam para trás e perceberam que tinham que lutar na frente e atrás. Então clamaram ao SENHOR, e os sacerdotes tocaram as trombetas.

15. Os homens de Judá deram o grito de guerra e, quando gritaram, Deus feriu Jeroboão e todo o Israel diante de Abias e de Judá.

16. Os israelitas tentaram fugir de Judá, mas Deus os entregou nas suas mãos.

17. De maneira que Abias e as suas tropas os massacraram. Foram quinhentos mil homens escolhidos de Israel que morreram.

18. Assim os israelitas foram humilhados naquele tempo, e os homens de Judá prevaleceram, porque confiaram no SENHOR, Deus de seus pais.

19. Abias perseguiu Jeroboão e conquistou-lhe cidades: Betel e seus arredores, Jesana e seus arredores, e Efrom e seus arredores.

20. Jeroboão não recobrou mais a força nos dias de Abias. O SENHOR o feriu, e ele morreu.

21. Porém Abias se fortaleceu e tomou para si catorze mulheres, e teve vinte e dois filhos e dezesseis filhas.

22. Os demais atos de Abias, o seu procedimento e as suas palavras estão escritos no comentário do profeta Ido.