Neemias 3

1. Eliasibe, o sumo sacerdote, e seus irmãos, os sacerdotes, dispuseram-se, então, a reconstruir a porta das Ovelhas. Eles a consagraram e colocaram as folhas da porta no lugar. Depois construíram o muro até a torre dos Cem, que também consagraram, e prosseguiram até a torre de Hananel.

2. Os homens de Jericó reconstruíram o trecho seguinte, e logo adiante construiu Zacur, filho de Inri.

3. Os filhos de Hassenaá construíram a porta do Peixe, colocaram-lhe as vigas, e puseram as folhas da porta no lugar, com seus ferrolhos e trancas.

4. Meremote, filho de Urias, filho de Hacoz, reconstruiu o trecho seguinte. E Mesulão, filho de Berequias, filho de Mesezabel reconstruiu o pedaço seguinte. E Zadoque, filho de Baamá, fez os reparos na parte a seguir.

5. Os tecoítas reconstruíram o trecho seguinte; mas os seus nobres não se dispuseram a fazer o serviço e a se submeter a seus supervisores.

6. Joiada, filho de Paseia, e Mesulão, filho de Besodeias, reconstruíram a porta Velha, colocaram-lhe as vigas e puseram as folhas da porta no lugar, com seus ferrolhos e trancas.

7. Melatias, o gibeonita, e Jadom, o meronotita, homens de Gibeão e de Mispá, locais que pertenciam ao domínio do governador do território a oeste do Eufrates, reconstruíram o trecho seguinte.

8. Uziel, filho de Haraías, um dos ourives, reconstruiu o pedaço seguinte, e Hananias, um dos perfumistas, reconstruiu o trecho logo adiante. E assim fortificaram Jerusalém até o muro Largo.

9. Refaías, filho de Hur, governador da metade do distrito de Jerusalém, reconstruiu o trecho seguinte

10. e Jedaías, filho de Harumafe, reconstruiu o trecho posterior, em frente à sua casa. Hatus, filho de Hasabneias, reconstruiu o trecho logo adiante.

11. Malquias, filho de Harim, e Hassube, filho de Paate-Moabe, reconstruíram a parte seguinte, como também a torre dos Fornos.

12. Salum, filho de Haloés, governador da outra metade do distrito de Jerusalém, reconstruiu a parte que vinha a seguir com a ajuda de suas filhas.

13. Hanum e os moradores de Zanoa reconstruíram a porta do Vale; eles a reconstruíram e colocaram as vigas, e puseram as folhas da porta no lugar, com seus ferrolhos e trancas; também reconstruíram mil côvados até a porta do Esterco.

14. A porta do Esterco foi reconstruída por Malquias, filho de Recabe, governador do distrito de Bete-Haquerém; ele a reconstruiu e pôs as folhas da porta no lugar, com seus ferrolhos e trancas.

15. A porta da Fonte foi reconstruída por Salum, filho de Col-Hoze, governador do distrito de Mispá; colocou as vigas e pôs as folhas da porta no lugar, com seus ferrolhos e trancas. Reconstruiu também o muro do tanque de Siloé, do jardim do Rei, até os degraus que descem da Cidade de Davi.

16. Depois dele, Neemias, filho de Azbuque, governador da metade do distrito de Bete-Zur, fez os reparos até em frente ao sepulcro de Davi, até o açude artificial, e a casa dos soldados.

17. Os levitas fizeram os reparos no trecho seguinte; eles estavam sob a supervisão de Reum, filho de Bani. No trecho seguinte, Hasabias, governador da metade do distrito de Queila, fez os reparos no seu distrito.

18. No trecho seguinte, a restauração foi feita por seus compatriotas, sob a supervisão de Bavai, filho de Henadade, governador da outra metade do distrito de Queila.

19. Ao seu lado, Ézer, filho de Jesua, governador de Mispá, fez os reparos em frente à subida para a casa das armas, até a esquina do muro.

20. Baruque, filho de Zabai, reconstruiu a parte seguinte, que ia desde a esquina do muro até a porta da casa de Eliasibe, o sumo sacerdote.

21. Depois dele, Meremote, filho de Urias, filho de Hacoz, fez os reparos na parte desde a porta da casa de Eliasibe até o fim dela.

22. A parte seguinte foi reconstruída pelos sacerdotes que habitavam nos arredores.

23. Em seguida, Benjamim e Hassube fizeram os reparos em frente à sua casa; depois deles, Azarias, filho de Maaseias, filho de Ananias, em frente à sua casa.

24. O trecho seguinte foi reconstruído por Binuí, filho de Henadade, desde a casa de Azarias até a esquina do muro.

25. Palal, filho de Uzai, fez os reparos em frente à esquina e à torre que se projeta da casa real superior, perto do pátio da guarda. No trecho seguinte, Pedaías, filho de Parós, fez a restauração.

26. Os servos do templo, que viviam em Ofel, fizeram os reparos até em frente à porta da Água, na direção do leste e até a torre que ali se encontra.

27. Os tecoítas reconstruíram a outra parte, desde a grande torre que sobressai até o muro de Ofel.

28. Para cima da porta dos Cavalos, os sacerdotes fizeram os reparos, cada um em frente à sua casa.

29. Em seguida Zadoque, filho de Imer, fez os reparos em frente à sua casa. Semaías, filho de Secanias, guarda da porta oriental, fez a restauração no trecho seguinte.

30. Hananias, filho de Selemias, e Hanum, o sexto filho de Zalafe, reconstruíram o trecho seguinte. Depois desse trecho, Mesulão, filho de Berequias, fez os reparos numa parte em frente à sua moradia.

31. Depois dele, Malquias, um dos ourives, fez os reparos numa parte que ia até a casa dos servos do templo e dos comerciantes, em frente à porta da Guarda, e até a torre de vigia da esquina.

32. E os ourives e comerciantes fizeram a restauração entre a torre de vigia da esquina e a porta das Ovelhas.