Ester 4

1. Quando Mardoqueu soube de tudo o que se tinha passado, rasgou as vestes, vestiu-se de pano de saco e cobriu-se de cinza, e saiu pela cidade, chorando com alto e amargo clamor.

2. Chegou até a entrada do palácio real, pois ninguém vestido de pano de saco podia entrar pelas portas do rei.

3. Em todas as províncias onde a ordem e o decreto do rei chegaram, houve grande pranto entre os judeus, com jejum, choro e lamentação. Muitos se deitaram em pano de saco e em cinza.

4. Quando as criadas de Ester e os oficiais contaram tudo a ela, a rainha se angustiou muito e mandou roupas para que Mardoqueu as vestisse e tirasse o pano de saco; mas ele não as aceitou.

5. Então Ester mandou chamar Hatá, um dos oficiais do rei, designado para servi-la, e mandou que ele falasse com Mardoqueu e descobrisse por que ele estava agindo daquela maneira.

6. Então Hatá foi falar com Mardoqueu na praça da cidade, diante da porta do palácio real.

7. Mardoqueu lhe contou tudo o que se tinha passado com ele e a soma exata da prata que Hamã tinha prometido depositar na tesouraria do rei para o extermínio dos judeus.

8. Também lhe deu a cópia do decreto anunciado em Susã, que falava do extermínio dos judeus, para que ele a mostrasse a Ester e lhe explicasse tudo, e lhe ordenasse que fosse falar com o rei, lhe pedisse misericórdia e intercedesse diante dele a favor do seu povo.

9. Então Hatá veio e relatou a Ester as palavras de Mardoqueu.

10. Ester mandou que Hatá dissesse o seguinte a Mardoqueu:

11. Todos os que serviam o rei e o povo das províncias do rei bem sabem que só há uma sentença para qualquer homem ou mulher que for à presença do rei no pátio interior sem ser chamado: a morte; a menos que o rei lhe estenda o cetro de ouro e lhe poupe a vida. Mas já faz trinta dias que não sou chamada para entrar na presença do rei.

12. Quando relataram as palavras de Ester a Mardoqueu,

13. este mandou que respondessem a Ester: Não imagines que, por estares no palácio do rei, serás a única a escapar entre os judeus,

14. pois se te calares agora, socorro e livramento surgirão de outra parte para os judeus, mas tu e a tua família sereis eliminados. Quem sabe se não foi para este momento que foste conduzida à realeza?

15. E Ester mandou a seguinte resposta a Mardoqueu:

16. Vai e reúne todos os judeus que estão em Susã, e jejuai por mim. Não comais nem bebais por três dias, nem de noite nem de dia; e eu e as minhas criadas também jejuaremos como vós. Depois irei à presença do rei, ainda que isso seja contra a lei. Se for preciso morrer, morrerei.

17. Então Mardoqueu foi e fez tudo o que Ester havia ordenado.