Ester 5

1. Três dias depois, Ester vestiu os trajes reais e foi ao pátio interior do palácio do rei, que fica diante da sala do rei. O rei estava sentado em seu trono, na sala real, de frente para a entrada.

2. Quando o rei viu a rainha Ester, que estava em pé no pátio, teve misericórdia dela e estendeu para Ester o cetro de ouro que tinha na mão. Ester aproximou-se e tocou na ponta do cetro.

3. Então o rei lhe disse: O que há, rainha Ester? Qual é a tua petição? Até a metade do reino te será dada.

4. Ester respondeu: Se for do agrado do rei, venha hoje com Hamã ao banquete que eu lhe preparei.

5. Então o rei disse: Depressa, trazei Hamã para que atendamos ao pedido de Ester. Então o rei e Hamã foram ao banquete que Ester tinha preparado.

6. Enquanto bebiam vinho, o rei perguntou novamente a Ester: Qual é a tua petição? Serás atendida. Qual é o teu desejo? Até a metade do reino te será dada.

7. Então Ester respondeu: Aqui está a minha petição e o meu desejo:

8. Se o rei quiser ser bondoso comigo, e se for do agrado do rei atender a minha petição e cumprir o meu desejo, que o rei e Hamã venham amanhã ao banquete que vou preparar-lhes. Então responderei à pergunta do rei.

9. Naquele dia, Hamã saiu alegre e satisfeito. Mas quando viu Mardoqueu junto à porta do palácio real, e este não se levantou nem lhe mostrou respeito, ficou irado com Mardoqueu.

10. Porém Hamã se controlou e foi para casa. Mandou buscar seus amigos e Zeres, sua mulher.

11. Hamã se vangloriou das suas riquezas, dos seus muitos filhos e do quanto o rei o havia honrado e promovido acima dos outros príncipes e homens que o serviam.

12. E Hamã acrescentou: Além disso, a rainha Ester não chamou mais ninguém ao banquete que preparou para o rei, senão a mim. Também me convidou para comparecer com o rei amanhã.

13. Mas tudo isso não me satisfaz enquanto eu vir o judeu Mardoqueu sentado à porta do palácio real.

14. Então Zeres, sua mulher, e todos os seus amigos lhe disseram: Manda fazer uma forca de cinquenta côvados de altura, e pela manhã pede ao rei que Mardoqueu seja enforcado nela. Depois, alegra-te e vai com o rei para o banquete. Hamã gostou do conselho e mandou fazer a forca.