Salmos 64

1. Ó Deus, ouve a voz da minha queixa, preserva minha vida do terror do inimigo.

2. Esconde-me da conspiração dos perversos e do tumulto dos malfeitores,

3. que afiaram a língua como espada e como flechas me apontaram palavras amargas;

4. para, de lugares ocultos, atirar contra o íntegro; disparam contra ele de súbito e nada temem.

5. Insistem em planos maliciosos; falam de armar laços secretamente e dizem: Quem nos verá?

6. Planejam injustiças; ocultam planos bem traçados; pois o íntimo e o coração do homem são indecifráveis.

7. Mas Deus disparará uma flecha contra eles, e de repente ficarão feridos.

8. Tropeçarão, por causa da sua própria língua; todos os que os virem fugirão.

9. Todos temerão e anunciarão a obra de Deus; entenderão seus feitos.

10. O justo se alegrará no SENHOR e confiará nele, e todos os de coração reto cantarão louvores.