Êxodo 23

1. Não espalharás falsos boatos, nem farás acordo com o ímpio para seres testemunha injusta.

2. Não te juntarás à maioria para fazer o mal, nem darás testemunho em juízo que perverta a justiça, para acompanhar a maioria,

3. nem mesmo para favorecer o pobre na sua causa.

4. Se encontrares desgarrado o boi do teu inimigo ou o seu jumento, certamente o levarás de volta para ele.

5. Se vires o jumento de alguém que te odeia caído debaixo da carga, não o deixarás ali; certamente o ajudarás a levantá-lo.

6. Não perverterás o direito do pobre na sua causa.

7. Cuidado para não fazeres falsas acusações. Não matarás o inocente e o justo, pois não justificarei o ímpio.

8. Não aceitarás suborno, porque o suborno cega os que têm vista e perverte as palavras dos justos.

9. Não oprimirás o estrangeiro, pois sabeis como ele se sente, uma vez que fostes estrangeiros na terra do Egito.

10. Semearás tua terra e recolherás os seus frutos durante seis anos;

11. mas no sétimo ano a deixarás descansando e sem cultivo, para que os pobres do teu povo possam comer, e os animais do campo comam do que sobrar. Assim farás com a tua vinha e com o teu olival.

12. Trabalharás durante seis dias, mas no sétimo dia descansarás, para que o teu boi e o teu jumento descansem, e para que o filho da tua escrava e o estrangeiro recuperem as forças.

13. Dai atenção a tudo o que vos tenho dito. Nem sequer mencioneis o nome de outros deuses; nunca se ouça da vossa boca o nome deles.

14. Três vezes no ano me celebrarás festa:

15. Celebrarás a festa dos pães sem fermento: comerás pães sem fermento durante sete dias, como te ordenei, na data indicada, no mês de abibe, porque nele saíste do Egito; e ninguém apareça diante de mim de mãos vazias.

16. Também celebrarás a festa da colheita dos primeiros frutos do teu trabalho, do que tiveres semeado no campo. De igual modo, celebrarás a festa da colheita no fim do ano, quando tiveres colhido do campo os frutos do teu trabalho.

17. Todo homem comparecerá diante do SENHOR Deus três vezes no ano.

18. Não oferecerás o sangue do meu sacrifício com pão fermentado. A gordura da minha festa não será deixada da noite para a manhã seguinte.

19. Levarás à casa do SENHOR teu Deus o melhor dos primeiros frutos da tua terra. Não cozinharás o cabrito no leite de sua mãe.

20. Eu envio um anjo à tua frente para guardar-te pelo caminho e conduzir-te ao lugar que preparei para ti.

21. Dá atenção a ele e atende à sua voz; não sejas rebelde contra ele, porque não perdoará a tua rebeldia, pois nele está o meu nome.

22. Mas, se ouvires de fato a sua voz e fizeres tudo o que eu disser, então serei inimigo dos teus inimigos e adversário dos teus adversários.

23. Porque o meu anjo irá à tua frente e te fará entrar na terra dos amorreus, dos heteus, dos perizeus, dos cananeus, dos heveus e dos jebuseus; e eu os exterminarei.

24. Não te inclinarás diante dos seus deuses, nem os cultuarás; não imitarás as suas obras; pelo contrário, derrubarás e destruirás totalmente as suas colunas.

25. Cultuareis o SENHOR vosso Deus, e ele abençoará o vosso pão e a vossa água; e eu tirarei do meio de vós as enfermidades.

26. Na tua terra não haverá mulher que aborte, nem estéril. Completarei o número de dias da tua vida.

27. Enviarei o meu terror adiante de ti, pondo em confusão todo povo em cujas terras entrares, e farei que todos os teus inimigos te deem as costas em fuga.

28. Também enviarei vespas à tua frente, que expulsarão de diante de ti os heveus, os cananeus e os heteus.

29. Não os expulsarei num só ano, para que a terra não se torne em deserto e os animais selvagens não se multipliquem e te ataquem.

30. Pouco a pouco os expulsarei de diante de ti, até que te multipliques e te aposses da terra por herança.

31. E fixarei os teus limites desde o mar Vermelho até o mar dos filisteus, e desde o deserto até o rio, pois entregarei nas tuas mãos os moradores desta terra, e tu os expulsarás de diante de ti.

32. Não farás nenhuma aliança com eles, nem com os seus deuses.

33. Eles não habitarão na tua terra, para que não te façam pecar contra mim; pois, se cultuares os seus deuses, isso certamente será uma armadilha para ti.