Êxodo 26

1. Farás o tabernáculo com dez cortinas de linho fino torcido e tecido azul, púrpura e carmesim, com querubins bordados nelas.

2. O comprimento de cada cortina será de vinte e oito côvados, e a largura, de quatro côvados; todas as cortinas terão a mesma medida.

3. Cinco cortinas serão enlaçadas umas às outras; as outras cinco serão enlaçadas da mesma maneira.

4. Farás laçadas de tecido azul na orla da última cortina do primeiro grupo; assim também farás na orla da primeira cortina do segundo grupo.

5. Serão cinquenta laçadas na orla de uma cortina e cinquenta laçadas na orla da outra; as laçadas serão opostas umas às outras.

6. Farás cinquenta colchetes de ouro e com eles prenderás as cortinas uma à outra; assim, o tabernáculo será um todo.

7. Farás também cortinas de pelos de cabras para servirem de tenda sobre o tabernáculo; farás onze cortinas assim.

8. O comprimento de cada cortina será de trinta côvados, e a largura, de quatro côvados; as onze cortinas terão a mesma medida.

9. Reunirás cinco cortinas em um grupo e as outras seis em outro grupo; e dobrarás a sexta cortina na frente da tenda.

10. Farás cinquenta laçadas na orla da última cortina do primeiro grupo, e outras cinquenta laçadas na orla da primeira cortina do segundo grupo.

11. Farás também cinquenta colchetes de bronze e introduzirás os colchetes nas laçadas. Assim unirás a tenda para que forme um todo.

12. E o que sobrar das cortinas da tenda, a saber, a meia cortina que sobrar, será pendurado nos fundos do tabernáculo.

13. E o côvado que sobrar nos dois lados, no comprimento das cortinas da tenda, será pendurado nos dois lados do tabernáculo para cobri-lo.

14. Farás também para a tenda uma cobertura de peles de carneiro tingidas de vermelho e, por cima desta, uma cobertura de peles de animais marinhos.

15. Farás também as tábuas do tabernáculo de madeira de acácia, que serão colocadas verticalmente.

16. O comprimento de cada tábua será de dez côvados, e a sua largura, de um côvado e meio.

17. Cada tábua terá dois encaixes justapostos. Assim farás com todas as tábuas do tabernáculo.

18. Ao fazer as tábuas do tabernáculo, farás vinte delas para o lado sul.

19. Farás também quarenta bases de prata debaixo das vinte tábuas; duas bases debaixo de cada uma das tábuas, para os dois encaixes.

20. Também farás vinte tábuas para o lado norte do tabernáculo,

21. com suas quarenta bases de prata; duas bases debaixo de cada uma das tábuas.

22. E farás seis tábuas voltadas para o fundo, o lado ocidental do tabernáculo.

23. Farás também duas tábuas para os cantos do fundo do tabernáculo.

24. Por baixo serão duplas, estendendo-se inteiras do mesmo modo até a primeira argola em cima; assim serão as duas tábuas dos cantos.

25. Haverá oito tábuas com suas dezesseis bases de prata, duas bases debaixo de cada uma das tábuas.

26. Farás também travessões de madeira de acácia; cinco para as tábuas de um lado do tabernáculo,

27. cinco para as tábuas do outro lado e cinco para o fundo do tabernáculo, no lado ocidental.

28. O travessão central passará entre as tábuas, de uma extremidade à outra.

29. Revestirás de ouro as tábuas, e de ouro farás as suas argolas, por onde passarão os travessões, que também serão revestidos de ouro.

30. Então levantarás o tabernáculo conforme o modelo que te foi mostrado no monte.

31. Farás também um véu de tecido azul, púrpura e carmesim, de linho fino torcido, com querubins bordados nele,

32. e o suspenderás sobre quatro colunas de madeira de acácia, revestidas de ouro, com colchetes de ouro, sobre quatro bases de prata.

33. Pendurarás o véu debaixo dos colchetes e levarás a arca do testemunho para dentro do véu. Este véu fará separação entre o lugar santo e o lugar santíssimo.

34. Porás o propiciatório sobre a arca do testemunho no lugar santíssimo.

35. Colocarás a mesa do lado de fora do véu, e o candelabro, em frente à mesa, para o lado sul do tabernáculo; a mesa ficará no lado norte.

36. Farás para a entrada da tenda uma cortina de tecido azul, púrpura e carmesim, de linho fino torcido, obra de bordador.

37. Farás para a cortina cinco colunas de madeira de acácia revestidas de ouro e com ganchos também de ouro; e fundirás para elas cinco bases de bronze.