Provérbios 28

1. Os ímpios fogem sem que ninguém os persiga, mas os justos são ousados como o leão.

2. Por causa do pecado de uma nação, seus príncipes mudam muito; mas por causa de homens prudentes e de entendimento, ela subsistirá por muito tempo.

3. O pobre que oprime os pobres é como a chuva impetuosa que não deixa trigo nenhum.

4. Os que abandonam a lei elogiam os ímpios, mas os que a guardam lutam contra eles.

5. Os maus não entendem a justiça, mas os que buscam o SENHOR a entendem plenamente.

6. É melhor o pobre que vive com integridade do que o rico perverso nos seus caminhos.

7. Quem observa a lei é filho sábio, mas o companheiro dos comilões envergonha o pai.

8. Quem aumenta a riqueza com juros altos a acumula para outro que se compadece do pobre.

9. Até a oração de quem se desvia de ouvir a lei é detestável.

10. Quem leva os justos pelo mau caminho acabará caindo na cova que abriu, mas os íntegros herdarão o bem.

11. O homem rico considera-se sábio, mas o pobre que tem entendimento o sonda.

12. Quando os justos triunfam, há grande glória, mas quando os ímpios sobem, os homens escondem-se.

13. Quem encobre suas transgressões jamais prosperará, mas quem as confessa e as abandona alcançará misericórdia.

14. Feliz é o homem que sempre teme o SENHOR; mas o que endurece o coração virá a cair em desgraça.

15. Como um leão que ruge e um urso faminto, assim é o perverso que domina um povo pobre.

16. O príncipe sem entendimento é também um opressor cruel, mas o que rejeita a avareza prolongará seus dias.

17. O homem culpado pelo sangue de outro será fugitivo até a morte. Que ninguém o ajude!

18. Quem anda corretamente se salvará, mas o perverso em seus caminhos cairá sem aviso.

19. Quem lavra sua terra se fartará de alimento, mas quem segue os preguiçosos se encherá de pobreza.

20. O homem fiel desfrutará de ricas bênçãos, mas quem tem pressa de enriquecer não ficará impune.

21. Fazer discriminação de pessoas não é bom, pois o homem praticaria o mal até por um pedaço de pão.

22. O invejoso corre atrás das riquezas e não sabe que a miséria o aguarda.

23. Quem repreende os outros terá mais aceitação do que o que bajula demais.

24. Quem rouba pai ou mãe e diz: Isso não é errado, é companheiro do destruidor.

25. O invejoso causa desavenças, mas quem confia no SENHOR prosperará.

26. Quem confia no próprio coração é insensato, mas quem age com sabedoria viverá em liberdade.

27. Quem dá ao pobre não terá falta, mas quem fecha os olhos para isso terá muitas maldições.

28. Quando os ímpios sobem, todos se escondem, mas quando eles perecem, os justos se multiplicam.