Isaías 8

1. O SENHOR também me disse: Toma uma tábua grande e escreve nela em caracteres legíveis: Maer-Salal-Has-Baz .

2. Então chamei o sacerdote Urias e Zacarias, filho de Jeberequias, para me servirem de fiéis testemunhas.

3. Deitei-me com a profetisa, ela ficou grávida e deu à luz um filho; o SENHOR me disse: Põe-lhe o nome de Maer-Salal-Has-Baz,

4. pois antes que o menino saiba dizer meu pai ou minha mãe, as riquezas de Damasco e os despojos de Samaria serão levados pelo rei da Assíria.

5. E o SENHOR voltou a falar comigo, dizendo:

6. Já que este povo rejeitou as águas de Siloé, que correm mansamente, e se alegrou com Rezim e com o filho de Remalias,

7. o Senhor fará vir sobre eles as águas do rio, fortes e impetuosas, isto é, o rei da Assíria, com toda a sua glória. Ele subirá sobre todos os seus leitos e transbordará por todas as suas ribanceiras;

8. e chegará a Judá, inundando-o até o pescoço; e a extensão de suas margens encherá a largura da tua terra, ó Emanuel.

9. Ó povos, enfurecei-vos e sereis destruídos; dai ouvidos, todos vós que sois de terras distantes; preparai-vos para a luta e sereis despedaçados, preparai-vos e sereis despedaçados.

10. Fazei planos, e eles serão frustrados; dai ordens, e elas não se cumprirão; porque Deus está conosco.

11. Pois o SENHOR me falou com firmeza e me advertiu a não andar pelo caminho deste povo. Ele disse:

12. Não chameis conspiração a tudo quanto este povo chama conspiração. Não temais aquilo que ele teme, nem vos assusteis.

13. Ao SENHOR dos Exércitos, a ele santificai; tende temor e medo dele.

14. Então ele será vosso santuário, mas servirá de pedra de tropeço e de rocha de escândalo às duas casas de Israel; servirá de armadilha e de laço aos moradores de Jerusalém.

15. E muitos deles tropeçarão, cairão e serão destruídos, enlaçados e presos.

16. Guarda o testemunho, sela a lei entre os meus discípulos.

17. Esperarei no SENHOR, que esconde o seu rosto da linhagem de Jacó, e o aguardarei.

18. Aqui me encontro com os filhos que o SENHOR me deu por sinais e maravilhas em Israel, da parte do SENHOR dos Exércitos, que habita no monte Sião.

19. Quando vos disserem: Consultai os que consultam os mortos e os feiticeiros, que sussurram e murmuram, respondei: Por acaso um povo não consultará o seu Deus? Em favor dos vivos se buscarão os mortos?

20. À Lei e ao Testemunho! Se eles não falarem conforme esta palavra, nunca verão raiar o amanhecer.

21. Passarão pela terra oprimidos e famintos; quando tiverem fome, ficarão irados e, olhando para cima, amaldiçoarão o seu rei e o seu Deus.

22. Então, olharão para a terra e verão angústia, escuridão e assombro; e serão lançados para as trevas.