Jeremias 10

1. Ouvi o que o SENHOR tem a vos dizer, ó casa de Israel.

2. Assim diz o SENHOR: Não aprendais o caminho das nações, nem vos espanteis com os sinais do céu; porque com eles espantam-se as nações.

3. Pois as práticas religiosas dos povos são inutilidade; corta-se do bosque um pedaço de pau, que é trabalhado com o machado pelas mãos do artífice.

4. Eles o revestem com prata e ouro, firmam-no com pregos e martelos, para que não caia.

5. São como um espantalho num pepinal, não podem falar e precisam de quem os carregue, pois não podem andar. Não tenhais medo deles, pois não podem fazer nem mal nem bem.

6. Não existe ninguém semelhante a ti, ó SENHOR; és grande, e grande é o poder de teu nome.

7. Quem não te temerá, ó Rei das nações? Pois a ti se deve o temor; porque entre todos os sábios das nações, e em todos os seus reinos não existe ninguém semelhante a ti.

8. Mas todos eles são insensatos e loucos; são instruídos por ídolos feitos de madeira.

9. Trazem prata batida de Társis e ouro de Ufaz; o trabalho do artífice e do fundidor é vestido de azul e púrpura; todos eles são obra de peritos.

10. Mas o SENHOR é o verdadeiro Deus; ele é o Deus vivo e o Rei eterno; a terra estremece diante do seu furor, e as nações não podem suportar a sua ira.

11. Assim lhes direis: Os deuses que não fizeram os céus e a terra, eles desaparecerão da terra e de debaixo do céu.

12. Ele fez a terra com seu poder, estabeleceu o mundo com sua sabedoria e estendeu os céus com sua inteligência.

13. Quando ele faz soar o seu trovão, logo há tumulto de águas no céu, e ele faz subir das extremidades da terra os vapores; faz os relâmpagos para a chuva, e dos seus depósitos faz sair o vento.

14. Todo homem é ignorante e não tem conhecimento; todo fundidor é envergonhado pela imagem que esculpiu; pois as imagens que funde são falsas, e nelas não há fôlego.

15. São inúteis, fabricação enganosa; quando vier o castigo perecerão.

16. A porção de Jacó não é semelhante a essas imagens; porque ele é o que forma todas as coisas, e Israel é a tribo da sua herança. O seu nome é SENHOR dos Exércitos.

17. Ajunta as tuas coisas, ó tu que habitas em lugar sitiado.

18. Pois assim diz o SENHOR: Desta vez lançarei fora os moradores desta terra e lhes trarei sofrimento, para que venham a senti-lo.

19. Ai de mim, pois estou ferido! O meu ferimento não tem cura! Mas eu havia falado: Certamente isto é minha enfermidade, e devo suportá-la.

20. A minha tenda está destruída, e todas as minhas cordas estão rompidas; os meus filhos me deixaram e não existem mais; não ficou ninguém para armar a minha tenda e levantar as lonas.

21. Pois os pastores são insensatos e não buscaram o SENHOR; por isso não prosperaram, e todos os seus rebanhos se dispersaram.

22. Estão chegando rumores, um grande tumulto da terra do norte, para fazer das cidades de Judá uma devastação, uma morada de chacais.

23. Ó SENHOR, eu sei que ao homem não pertence seu próprio caminho, nem lhe compete traçar seus passos.

24. Corrige-me, ó SENHOR, mas com justiça; não na tua ira, para que não me reduzas a nada.

25. Derrama a tua ira sobre as nações que não te conhecem e sobre os povos que não invocam o teu nome, porque devoraram Jacó; sim, eles o devoraram, consumiram e assolaram a sua morada.