Jeremias 36

1. No quarto ano de Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá, veio esta palavra do SENHOR a Jeremias:

2. Escreve num livro todas as palavras que falei acerca de Israel, de Judá e de todas as nações, desde que comecei a falar-te nos dias de Josias, até o dia de hoje.

3. Talvez, quando os da casa de Judá ouvirem a respeito de todas as catástrofes que pretendo causar-lhes, cada um se converta do seu mau caminho, e eu perdoarei a sua maldade e o seu pecado.

4. Então Jeremias chamou Baruque, filho de Nerias; e Baruque escreveu no livro, enquanto Jeremias ditava todas as palavras que o SENHOR lhe havia falado.

5. Então Jeremias ordenou a Baruque: Estou proibido de ir à casa do SENHOR.

6. Portanto, entra e lê perante o povo, na casa do SENHOR, no dia de jejum, as palavras do SENHOR que escreveste no livro quando eu ditava. Tu as lerás também perante todo o povo de Judá que vem das suas cidades.

7. Talvez a súplica deles chegue diante do SENHOR, e cada um se converta do seu mau caminho; pois a ira e o furor com que o SENHOR ameaça este povo são grandes.

8. Então Baruque, filho de Nerias, fez conforme tudo quanto o profeta Jeremias lhe havia ordenado, lendo no livro as palavras do SENHOR na casa do SENHOR.

9. No quinto ano de Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá, no nono mês, foi proclamado um jejum diante do SENHOR para todo o povo em Jerusalém, como também para todo o povo que vinha das cidades de Judá para Jerusalém.

10. Baruque leu no livro a todo o povo as palavras de Jeremias na casa do SENHOR, na sala de Gemarias, filho de Safã, o escriba, no pátio superior, à entrada da porta Nova da casa do SENHOR.

11. Quando Micaías, filho de Gemarias, filho de Safã, ouviu todas as palavras do SENHOR naquele livro,

12. desceu ao palácio do rei, à sala do escriba. Todos os chefes estavam ali assentados: Elisama, o escriba, Delaías, filho de Semaías, Elnatã, filho de Acbor, Gemarias, filho de Safã, Zedequias, filho de Hananias, e todos os outros chefes.

13. E Micaías narrou todas as palavras que ouvira, quando Baruque leu o livro para o povo.

14. Então todos os chefes mandaram Jeúdi, filho de Netanias, filho de Selemias, filho de Cuxe, a Baruque, para lhe dizer: Pega o livro que leste ao povo e vem aqui. Então Baruque, filho de Nerias, pegou o livro e foi até eles.

15. E disseram-lhe: Senta-te e lê o livro para nós. E Baruque o leu para eles.

16. Quando ouviram todas aquelas palavras, voltaram-se alarmados uns para os outros e disseram a Baruque: Sem dúvida alguma temos de relatar ao rei todas estas palavras.

17. E disseram a Baruque: Declara-nos agora como escreveste todas estas palavras. Foi Jeremias quem as ditou?

18. E disse-lhes Baruque: Sim, ele me ditava todas estas palavras, e eu as escrevia no livro.

19. Então os chefes disseram a Baruque: Vai, esconde-te tu e Jeremias para que ninguém saiba onde estais.

20. Eles foram ao rei no pátio, mas haviam deixado o livro na sala de Elisama, o escriba; e relataram ao rei todas aquelas palavras.

21. Então o rei pediu que Jeúdi trouxesse o livro. Jeúdi o trouxe da sala de Elisama, o escriba, e o leu para o rei e para todos os chefes que estavam com o rei.

22. O rei estava assentado nos seus aposentos de inverno, pois era o nono mês; e diante dele havia um braseiro aceso.

23. À medida que Jeúdi lia três ou quatro colunas, o rei as cortava com uma faca de escrivão e as lançava no fogo do braseiro, até que todo o livro foi queimado no fogo do braseiro.

24. Nem o rei nem nenhum dos seus servos que haviam ouvido todas aquelas palavras ficaram com medo nem rasgaram suas roupas.

25. E ainda que Elnatã, Delaías e Gemarias insistissem com o rei para que não queimasse o livro, ele não lhes deu ouvidos.

26. Pelo contrário, o rei ordenou a seu filho Jerameel e a Seraías, filho de Azriel, e a Selemias, filho de Abdeel, que prendessem o escrivão Baruque e o profeta Jeremias. Mas o SENHOR os havia escondido.

27. Depois que o rei queimou o livro com as palavras que Jeremias havia ditado e Baruque havia escrito, veio a Jeremias a palavra do SENHOR:

28. Pega ainda outro livro e escreve nele todas as palavras que estavam no primeiro livro, que Jeoaquim, rei de Judá, queimou.

29. E tu dirás a Jeoaquim, rei de Judá: Assim diz o SENHOR: Tu queimaste este livro, e disseste: Por que escreveste nele que o rei da Babilônia virá e destruirá esta terra, dela exterminando tanto homens como animais?

30. Portanto, assim diz o SENHOR acerca de Jeoaquim, rei de Judá: Nenhum dos seus descendentes se sentará no trono de Davi, e o seu cadáver será exposto ao calor do dia e à geada da noite.

31. Castigarei a ele, sua descendência e seus servos, por causa da sua iniquidade. Trarei sobre ele, sobre os moradores de Jerusalém e sobre os homens de Judá toda a desgraça que tenho falado contra eles e que não ouviram.

32. Então Jeremias pegou outro livro e o deu a Baruque, filho de Nerias, o escrivão. E enquanto Jeremias ditava, Baruque escreveu nele todas as palavras do livro que Jeoaquim, rei de Judá, havia queimado. E foram acrescentadas muitas outras palavras semelhantes.