Jeremias 44

1. Esta é a palavra que veio a Jeremias acerca de todos os judeus que habitavam na terra do Egito, em Migdol, em Tafnes, em Mênfis e na região de Patros:

2. Assim diz o SENHOR dos Exércitos, Deus de Israel: Vistes toda a catástrofe que eu trouxe sobre Jerusalém e sobre todas as cidades de Judá. Hoje estão desertas e ninguém habita ali,

3. por causa da maldade que cometeram. Provocaram-me à ira, queimando incenso e cultuando outros deuses, a quem nunca conheceram, nem eles, nem vós, nem vossos pais.

4. Todavia, eu vos enviei insistentemente todos os meus servos, os profetas, para vos dizer que não cometêsseis essas abominações odiáveis!

5. Mas eles não escutaram, nem deram ouvidos para se converter da sua maldade e não queimarem incenso a outros deuses.

6. Por isso a minha indignação e a minha ira se derramaram e se acenderam nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém, que se tornaram em ruína e desolação, como hoje se vê.

7. Agora, assim diz o SENHOR, Deus dos Exércitos, Deus de Israel: Por que cometeis tanta maldade contra vós mesmos, expulsando de Judá o homem e a mulher, a criança e o que mama, sem deixar ali nenhum remanescente?

8. Por que me irritais com as vossas ações, queimando incenso a outros deuses na terra do Egito, onde viestes habitar, para que sejais exterminados e vos torneis objeto de maldição e de ofensa entre todas as nações da terra?

9. Já estais esquecidos das maldades de vossos pais, das maldades dos reis de Judá e de suas mulheres, das vossas maldades e das de vossas mulheres, cometidas na terra de Judá e nas ruas de Jerusalém?

10. Vossos compatriotas não se humilharam até o dia de hoje, nem temeram, nem andaram na minha lei nem nos meus estatutos, que pus diante de vós e diante de vossos pais.

11. Portanto, assim diz o SENHOR dos Exércitos, Deus de Israel: Decidi trazer a catástrofe sobre vós e destruir todo o Judá.

12. Tomarei o remanescente de Judá, que decidiu habitar na terra do Egito, e todos morrerão. Cairão pela espada na terra do Egito e morrerão de fome. Eles se consumirão, do mais pobre ao mais rico, e morrerão pela espada e pela fome. Serão objeto de maldição, horror, desprezo e ofensa,

13. pois castigarei os que habitam na terra do Egito como castiguei Jerusalém pela espada, pela fome e pela peste.

14. De maneira que, da parte remanescente de Judá que foi habitar na terra do Egito não haverá quem escape e reste para voltar à terra de Judá. Embora fosse seu grande desejo voltar e habitar ali, não voltarão, a não ser alguns poucos fugitivos.

15. Então todos os homens que sabiam que suas mulheres queimavam incenso a outros deuses, e todas as mulheres que estavam presentes, uma grande multidão, isto é, todo o povo que habitava na terra do Egito, em Patros, responderam a Jeremias:

16. Não obedeceremos à palavra que nos anunciaste em nome do SENHOR.

17. Pelo contrário, certamente faremos tudo o que prometemos: queimaremos incenso à rainha do céu e lhe apresentaremos ofertas derramadas. É isso que nós e nossos pais, nossos reis e nossos chefes fazíamos nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém. Naquele tempo, tínhamos fartura de pão, prosperávamos e não vimos catástrofe alguma.

18. Mas desde que cessamos de queimar incenso à rainha do céu e de lhe apresentar ofertas derramadas, temos tido falta de tudo e temos sido consumidos pela espada e pela fome.

19. E nós, as mulheres, quando queimávamos incenso à rainha do céu e lhe apresentávamos ofertas derramadas, por acaso lhe fizemos bolos para adorá-la e lhe apresentamos ofertas derramadas sem o consentimento de nossos maridos?

20. Então Jeremias disse aos homens e às mulheres e a todo o povo que lhe dera essa resposta:

21. Será que o SENHOR não se lembrou e não lhe veio à mente o incenso que queimastes nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém, vós e vossos pais, vossos reis e vossos príncipes, como também o povo da terra?

22. O SENHOR não podia suportar por mais tempo a maldade das vossas ações, as abominações que cometestes. Por isso, a vossa terra ficou arrasada, destruída, amaldiçoada e desabitada, como hoje se vê.

23. Porque queimastes incenso e pecastes contra o SENHOR, não obedecendo à voz do SENHOR nem andando na sua lei, nos seus estatutos e nos seus testemunhos; por isso vos sobreveio esta catástrofe, como se vê neste dia.

24. Disse mais Jeremias a todo o povo e a todas as mulheres: Ouvi a palavra do SENHOR, todo o Judá, que estais na terra do Egito.

25. Assim fala o SENHOR dos Exércitos, Deus de Israel: Vós e vossas mulheres prometestes e com as vossas mãos o cumpristes, dizendo: Certamente cumpriremos os votos que fizemos de queimar incenso à rainha do céu e de lhe apresentar ofertas derramadas. Portanto, confirmai e cumpri os vossos votos!

26. Ouvi a palavra do SENHOR, todos os de Judá que habitais na terra do Egito: Juro pelo meu grande nome, diz o SENHOR, que nunca mais será pronunciado o meu nome pela boca de nenhum homem de Judá em toda a terra do Egito, dizendo: Como vive o SENHOR Deus!

27. Eu os vigiarei para trazer a catástrofe e não o bem; todos os homens de Judá que estão no Egito morrerão pela espada e pela fome, até que todos sejam consumidos.

28. Os que escaparem da espada voltarão da terra do Egito para a terra de Judá, poucos em número. Então todo o restante de Judá que foi habitar na terra do Egito saberá qual palavra se mostra verdadeira, a minha ou a deles.

29. Este será o sinal de que vos castigarei neste lugar, diz o SENHOR, para que saibais que as minhas palavras certamente se mostrarão verdadeiras contra vós para a catástrofe:

30. Assim diz o SENHOR: Entregarei o faraó Hofra, rei do Egito, nas mãos de seus inimigos e nas mãos dos que procuram matá-lo, como entreguei Zedequias, rei de Judá, nas mãos de Nabucodonosor, rei da Babilônia, seu inimigo, que procurava matá-lo.