Ezequiel 5

1. E tu, ó filho do homem, pega uma espada afiada e usa como navalha de barbeiro, para rapares tua cabeça e tua barba. Então pegarás uma balança e dividirás os cabelos.

2. Quando se cumprirem os dias do cerco, pegarás uma terça parte e lançarás no fogo, dentro da cidade; cortarás outra terça parte com uma espada, em torno da cidade; e espalharás ao vento a outra terça parte; e puxarei da espada para persegui-los.

3. Mas pegarás algumas mechas dos cabelos deles e esconderás nas bordas de tua roupa.

4. E ainda escolherás algumas delas e as queimarás, lançando-as no meio do fogo; e dali sairá um fogo contra toda a casa de Israel.

5. Assim diz o SENHOR Deus: Esta é Jerusalém; eu a coloquei no meio dos povos, com nações em torno dela;

6. mas ela se rebelou perversamente contra os meus juízos, mais do que os povos, e contra os meus estatutos, mais do que as nações que estão em torno dela; porque rejeitou as minhas normas e não andou nos meus preceitos.

7. Portanto, assim diz o SENHOR Deus: Porque sois mais rebeldes que as nações em torno de vós, e não tendes andado nos meus estatutos nem guardado os meus juízos, e tendes procedido segundo as normas das nações que estão em torno de vós;

8. então, assim diz o SENHOR Deus: Eu me coloco contra ti; e executarei juízos no meio de ti à vista das nações.

9. E farei em ti o que nunca fiz, por causa de todas as tuas abominações; nunca mais farei coisas semelhantes a essas.

10. Portanto, os pais comerão os filhos no meio de ti, e os filhos comerão os pais; e executarei juízos contra ti, e espalharei os teus sobreviventes por todos os ventos.

11. Portanto, tão certo como eu vivo, diz o SENHOR Deus, já que profanaste o meu santuário com todas as tuas coisas detestáveis e com todas as tuas abominações, eu também te humilharei; e não te perdoarei, nem terei piedade de ti.

12. Uma terça parte dos teus morrerá por causa da praga ou se consumirá de fome; outra terça parte cairá pela espada ao teu redor; espalharei por todos os ventos a outra terça parte e puxarei da espada para persegui-la.

13. Assim se cumprirá a minha ira, e satisfarei neles o meu furor, e me consolarei; e saberão que sou eu, o SENHOR, que tenho falado no meu zelo, quando neles eu cumprir o meu furor.

14. Eu te tornarei uma desolação e objeto de desprezo entre as nações ao teu redor, à vista de todos os que passarem.

15. Serás objeto de desprezo e zombaria, advertência e espanto para as nações em torno de ti, quando com ira eu executar juízos contra ti, furor e castigos rigorosos. Eu, o SENHOR, o disse.

16. Quando eu enviar contra eles as flechas malignas da fome, flechas destruidoras, que mandarei para vos destruir; aumentarei a fome entre vós e tirarei a provisão de alimento.

17. Enviarei sobre vós a fome e os animais ferozes, que destruirão teus filhos; e a praga e o sangue passarão por ti; e trarei a espada sobre ti. Eu, o SENHOR, o disse.