Daniel 11

1. No primeiro ano de Dario, rei dos medos, eu me levantei para animá-lo e fortalecê-lo.

2. Agora te declararei a verdade: Ainda se levantarão três reis na Pérsia, e o quarto será muito mais rico do que todos eles; e, quando se fortalecer por meio das suas riquezas, agitará todos contra o reino da Grécia.

3. Depois, um rei poderoso se levantará e reinará com grande domínio e fará o que bem quiser.

4. Mas, enquanto estiver no poder, seu reino será desfeito e será repartido para os quatro cantos do céu; mas não para os seus descendentes, tampouco será poderoso como antes, porque o seu reino será arrancado e passará a outros.

5. O rei do sul será forte, como também um dos seus príncipes; e este será mais forte do que ele, e reinará, e o seu domínio será muito grande,

6. mas, depois de alguns anos, eles se aliarão; e a filha do rei do sul fará um tratado com o rei do norte. Porém ela não conservará o seu poder; nem manterá o dele. Naqueles dias, ela será entregue com os que a tiverem trazido, com seu pai e com quem a apoiava.

7. Mas alguém da linhagem dela se levantará em seu lugar e comandará o exército; ele atacará a fortaleza do rei do norte, lutará contra ela e será vitorioso.

8. Ele levará seus deuses, com suas imagens de fundição, com seus vasos preciosos de prata e ouro, cativos para o Egito e deixará de atacar o rei do norte por alguns anos.

9. Ele atacará o reino do rei do sul, mas voltará para sua terra.

10. Mas seus filhos intervirão, e reunirão um grande exército, o qual avançará arrasando tudo por onde passar; então, voltando, levará a batalha até a sua fortaleza.

11. Então o rei do sul se enfurecerá e sairá para lutar contra o rei do norte; este lhe resistirá com um grande exército, mas seu exército será derrotado.

12. Quando o exército for derrotado, seu coração se exaltará; mas, ainda que derrote milhares, não prevalecerá.

13. Porque o rei do norte voltará a enfrentá-lo com um exército maior do que o primeiro; depois de algum tempo, isto é, de alguns anos, ele atacará com grande exército e fortes armamentos.

14. Naqueles tempos, muitos se levantarão contra o rei do sul; e os violentos do teu povo se levantarão para cumprir a visão, mas eles cairão.

15. Assim, o rei do norte virá, levantará torres de ataque e conquistará uma cidade bem fortificada; e as forças do sul não poderão resistir, nem o seu povo escolhido, pois não haverá força para resistir.

16. O invasor fará o que bem entender, e ninguém poderá resistir-lhe; ele se firmará na Terra Gloriosa e a destruirá completamente.

17. Ele virá com toda determinação e força do seu reino, e fará um acordo com o rei do sul. Ele lhe dará a filha em casamento, para destruir o seu reino; porém isso não terá sucesso, nem será para sua vantagem.

18. Depois disso, voltará a atenção para as ilhas, e conquistará muitas delas; mas um príncipe porá fim à sua arrogância, e ainda lhe retribuirá com arrogância.

19. Então ele voltará a atenção para as fortalezas da sua própria terra, mas tropeçará, e cairá, e não será achado.

20. Depois disso, será sucedido por um cobrador de tributos para manter a glória do reino; mas será destruído em poucos dias, e isto sem ira e sem batalha.

21. Depois, este será sucedido por um homem vil, o qual não recebeu a honra real; mas virá em tempos seguros e tomará o reino com engano.

22. E um exército arrasador será varrido diante dele, e este será destruído juntamente com o príncipe da aliança.

23. Depois que a aliança for feita, ele agirá de modo enganoso e conquistará o poder com pouca gente.

24. Virá também sobre os lugares mais férteis da província em tempos seguros, e fará o que seus pais nunca fizeram, nem os pais de seus pais; espalhará entre eles a presa, os despojos e os bens; e maquinará os seus projetos contra as fortalezas, mas por certo tempo.

25. Juntará força e coragem contra o rei do sul com um grande exército; e o rei do sul sairá à guerra com um exército grande e muito poderoso, mas não resistirá, pois maquinarão planos contra ele.

26. Até mesmo os que se alimentarem de sua comida o destruirão; e seu exército será varrido por uma invasão, e muitos serão mortos na guerra.

27. Também estes dois reis terão o coração voltado para o mal, e falarão mentira assentados à mesma mesa; mas a mentira não prosperará, porque ainda virá o fim no tempo determinado.

28. Então ele voltará para sua terra com muitos bens; mas se rebelará contra a santa aliança e fará o que bem entender, e voltará para sua terra.

29. No tempo determinado, invadirá outra vez o sul; mas desta vez não terá sucesso como na primeira.

30. Porque virão navios de Quitim contra ele, que lhe causarão tristeza; por isso voltará e se indignará contra a santa aliança, e fará o que bem entender. Voltará e atenderá aos que tiverem abandonado a santa aliança.

31. Haverá forças ao lado dele que profanarão o santuário, isto é, a fortaleza, e tirarão o holocausto contínuo, estabelecendo a abominação assoladora.

32. Ele perverterá com engano os que tiverem violado a aliança; mas o povo que conhece o seu Deus se tornará forte e mostrará resistência.

33. Os sábios do povo ensinarão a muitos; porém serão feridos pela espada e pelo fogo, pelo cativeiro e pelo despojo por muitos dias.

34. Mas, quando forem feridos, serão ajudados com pequeno socorro; porém muitos se ajuntarão a eles com engano.

35. Alguns dos sábios cairão para serem refinados, purificados e embranquecidos, até o fim do tempo, pois isso ainda será para o tempo determinado.

36. O rei fará conforme bem entender; ele se exaltará e se engrandecerá sobre todo deus, e dirá coisas terríveis contra o Deus dos deuses; e será próspero, até que se cumpra a indignação; pois aquilo que está determinado será feito.

37. Ele não terá respeito pelos deuses de seus pais, nem pelo deus amado das mulheres, nem a qualquer outro deus, pois se engrandecerá acima de tudo.

38. Mas em seu lugar honrará ao deus das fortalezas; e honrará com ouro e com prata, com pedras preciosas e com coisas agradáveis a um deus a quem seus pais não conheceram.

39. Ele atacará fortalezas seguras com o auxílio de um deus estranho; multiplicará a glória aos que o reconhecerem e os fará reinar sobre muitos, e lhes repartirá a terra por um alto preço.

40. No fim do tempo, o rei do sul lutará com ele; e o rei do norte virá como turbilhão contra ele, com carros e cavaleiros, e com muitos navios; e invadirá nações arrasando tudo por onde passar.

41. Invadirá a Terra Gloriosa, e dezenas de milhares cairão; mas estes escaparão da sua mão: Edom e Moabe, e os principais dos amonitas.

42. Ele estenderá o seu poder sobre muitas nações, e a terra do Egito não escapará.

43. Ele se apossará dos tesouros de ouro e de prata, e de todas as coisas preciosas do Egito; os líbios e os etíopes o seguirão.

44. Mas os rumores do oriente e do norte o assustarão; e ele sairá com grande furor para destruir e aniquilar a muitos.

45. Ele armará as tendas do seu palácio entre o mar Grande e o glorioso monte santo; apesar disso, o seu fim virá, e ninguém o socorrerá.