Oséias 9

1. Ó Israel, não te alegres, não exultes como os povos; pois te prostituíste, afastando-te do teu Deus; amaste o salário da prostituição em toda eira de trigo.

2. A eira e o tanque de espremer uvas não os sustentarão, e o vinho novo lhes faltará.

3. Não permanecerão na terra do SENHOR; mas Efraim voltará ao Egito, e comerão alimento impuro na Assíria.

4. Não derramarão ofertas de vinho ao SENHOR, nem lhe agradarão com as suas ofertas. Essas serão como alimento de pranteadores, que contamina todos os que dele comem; pois o seu pão será somente para o seu apetite; não entrará no templo do SENHOR.

5. Que fareis no dia da solenidade e no dia da festa do SENHOR?

6. Porque eles fugiram por causa da destruição, mas o Egito os recolherá, Mênfis os sepultará; as urtigas possuirão os seus preciosos objetos de prata; espinhos crescerão nas suas tendas.

7. Chegaram os dias da punição, chegaram os dias da retribuição. Israel o saberá! O profeta é um insensato, o homem inspirado é um louco, por causa da tua muita maldade e do teu grande ódio.

8. O profeta é a sentinela de Efraim, o povo do meu Deus; mas em todos os seus caminhos há um laço de caçador de aves, e há inimizade no templo do seu Deus.

9. Eles se corromperam profundamente, como nos dias de Gibeá; ele se lembrará de suas maldades e punirá os seus pecados.

10. Achei Israel como uvas no deserto, vi vossos pais como os primeiros frutos da figueira; mas eles foram para Baal-Peor e se consagraram a essa coisa vergonhosa; tornaram-se uma abominação, como aquilo que amaram.

11. Quanto a Efraim, a sua glória voará como ave; não haverá nascimento, nem gravidez, nem concepção.

12. Ainda que venham a criar filhos, eu os privarei deles, para que não fique nenhum. Ai deles, quando eu me afastar!

13. Vi Efraim, plantado num lugar aprazível como Tiro; mas Efraim levará seus filhos ao matador.

14. Dá-lhes, ó SENHOR! Mas que lhes darás? Dá-lhes ventre que aborte e seios ressecados.

15. Todo o seu mal se acha em Gilgal; pois ali é que passei a odiá-los; eu os lançarei fora do meu templo por causa das suas obras más. Não os amarei mais; todos os seus príncipes são rebeldes.

16. Efraim foi ferido, a sua raiz se secou; eles não darão fruto; ainda que gerem, matarei os frutos desejáveis do seu ventre.

17. O meu Deus os rejeitará, porque não o ouviram; e andarão errantes entre as nações.