Levítico 15

1. Disse o SENHOR a Moisés e a Arão:

2. Falai aos israelitas: Qualquer homem que tiver fluxo no seu corpo ficará impuro por causa do fluxo.

3. Esta será sua impureza por causa do seu fluxo: se o fluxo sai do seu corpo, ou se para de sair, a impureza é a mesma.

4. Toda cama em que aquele que tiver fluxo se deitar ficará impura; e toda coisa em que se sentar ficará impura.

5. Quem tocar na cama dele lavará suas roupas e se banhará em água, e ficará impuro até a tarde.

6. Quem se sentar sobre alguma coisa em que ele se sentou, também lavará suas roupas e se banhará em água; e ficará impuro até a tarde.

7. Aquele que tocar no corpo do que tem o fluxo lavará suas roupas, se banhará em água e ficará impuro até a tarde.

8. Se o que tem o fluxo cuspir em um puro, este deverá lavar suas roupas e banhar-se em água; e ficará impuro até a tarde.

9. Tudo em que a pessoa que tem o fluxo se sentar, quando estiver cavalgando, ficará impuro.

10. Quem tocar em alguma coisa sobre a qual ele tiver sentado ficará impuro até a tarde; e aquele que carregar alguma dessas coisas lavará suas roupas, se banhará em água e ficará impuro até a tarde.

11. Todo aquele em quem tocar a pessoa que tiver o fluxo, sem haver antes lavado as mãos em água, lavará suas roupas, se banhará em água e ficará impuro até a tarde.

12. Toda vasilha de barro em que tocar a pessoa que tiver o fluxo será quebrada; mas, se for de madeira, será lavada com água.

13. Quando o que tiver o fluxo ficar curado do seu fluxo, contará sete dias para a sua purificação; então lavará suas roupas, banhará o seu corpo em água corrente e estará puro.

14. No oitavo dia, pegará duas rolinhas ou dois pombinhos, e irá diante do SENHOR, na entrada da tenda da revelação, e os dará ao sacerdote,

15. que os oferecerá, um como oferta pelo pecado e o outro como holocausto. Assim o sacerdote fará expiação por ele diante do SENHOR, por causa daquele fluxo.

16. Quando sair o sêmen de um homem, ele banhará todo o seu corpo com água e ficará impuro até a tarde.

17. E toda roupa e todo couro onde houver sêmen serão lavados em água e ficarão impuros até a tarde.

18. Se um homem deitar-se com uma mulher e lhe sair o sêmen, ambos se banharão com água e ficarão impuros até a tarde.

19. Mas a mulher, quando tiver fluxo, e o fluxo do seu corpo for sangue, ficará na sua menstruação por sete dias, e quem a tocar ficará impuro até a tarde.

20. E tudo aquilo sobre o que ela se deitar durante a sua menstruação ficará impuro; e tudo aquilo sobre o que se sentar ficará impuro.

21. Quem tocar na sua cama lavará suas roupas, se banhará em água e ficará impuro até a tarde.

22. Quem tocar em alguma coisa sobre a qual ela tiver se sentado, lavará suas roupas, se banhará em água e ficará impuro até a tarde.

23. Se alguém tocar em alguma coisa que estiver sobre a cama, ou em alguma coisa em que ela se sentar, ficará impuro até a tarde.

24. E, se um homem se deitar com ela, e a menstruação dela ficar sobre ele, ele estará impuro por sete dias; e toda cama em que ele se deitar estará impura.

25. Se uma mulher tiver um fluxo de sangue por muitos dias, fora do tempo da sua menstruação, ou se o fluxo durar mais tempo do que o normal, ela estará impura durante todos os dias do fluxo, como no período da sua menstruação.

26. Toda cama em que ela se deitar durante os dias do seu fluxo ficará como a sua cama durante a menstruação, e tudo em que ela se sentar ficará impuro, como ocorre na impureza da sua menstruação.

27. E todo aquele que tocar essas coisas ficará impuro; lavará suas roupas, se banhará em água e ficará impuro até a tarde.

28. Quando ela ficar curada do seu fluxo, contará sete dias, e depois estará pura.

29. No oitavo dia, pegará duas rolinhas ou dois pombinhos, e os levará ao sacerdote, na entrada da tenda da revelação.

30. Então o sacerdote oferecerá um deles como oferta pelo pecado e o outro como holocausto; e o sacerdote fará expiação por ela diante do SENHOR, por causa do fluxo daquela impureza.

31. Assim separareis os israelitas da sua impureza, para que não morram por causa dela, ao contaminarem o meu tabernáculo, que está no meio deles.

32. Esta é a lei sobre o homem que tem um fluxo e sobre aquele de quem sai o sêmen, tornando-o impuro;

33. como também sobre a mulher no seu período menstrual, sobre o homem ou a mulher que tem um fluxo, e sobre o homem que se deita com uma mulher que está impura.