Levítico 19

1. O SENHOR disse a Moisés:

2. Fala a toda a comunidade dos israelitas: Sereis santos, porque eu, o SENHOR vosso Deus, sou santo.

3. Cada um de vós respeitará sua mãe e seu pai; e guardareis os meus sábados. Eu sou o SENHOR vosso Deus.

4. Não vos volteis para os ídolos, nem façais deuses de metal para vós. Eu sou o SENHOR vosso Deus.

5. Quando oferecerdes ao SENHOR uma oferta pacífica, fazei-o de modo que sejais aceitos.

6. Ela será comida no dia em que a oferecerdes e no dia seguinte; mas o que sobrar para o terceiro dia será queimado no fogo.

7. Se parte da oferta for comida no terceiro dia, será repugnante; não será aceita.

8. E todo aquele que dela comer sofrerá por causa do seu pecado, porque profanou uma coisa santa do SENHOR; por isso, essa pessoa será eliminada do seu povo.

9. Quando fizerdes a colheita da tua terra, não colherás totalmente nos cantos do campo, nem recolherás as espigas caídas da tua colheita.

10. Da mesma forma, não colherás a tua vinha até os últimos frutos, nem recolherás as uvas caídas da tua vinha; tu as deixarás para o pobre e para o estrangeiro. Eu sou o SENHOR vosso Deus.

11. Não furtareis; não enganareis, nem mentireis uns aos outros;

12. não jurareis falso pelo meu nome, profanando o nome do vosso Deus. Eu sou o SENHOR.

13. Não oprimirás o teu próximo, nem o roubarás; o pagamento do diarista não ficará contigo até a manhã seguinte.

14. Não amaldiçoarás o surdo, nem porás tropeço na frente do cego, mas temerás o teu Deus. Eu sou o SENHOR.

15. Não farás injustiça em um julgamento; não favorecerás o pobre, nem honrarás o poderoso, mas julgarás o teu próximo com justiça.

16. Não divulgarás calúnias entre o teu povo nem conspirarás contra a vida do teu próximo. Eu sou o SENHOR.

17. Não odiarás o teu irmão no coração. Não deixarás de repreender o teu próximo, para que não sofras por causa do pecado dele.

18. Não te vingarás nem guardarás ódio contra gente do teu povo; pelo contrário, amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o SENHOR.

19. Guardareis as minhas leis. Não permitirás que o teu gado se cruze com o de espécie diferente. Não semearás sementes diferentes no teu campo nem vestirás roupa feita de tecidos diferentes.

20. E, quando um homem se deitar com uma mulher escrava, comprometida com outro homem, mas ainda não resgatada nem liberta, ambos serão açoitados; não serão mortos, pois ela não era livre.

21. Como oferta pela culpa, o homem levará um carneiro ao SENHOR, à entrada da tenda da revelação, para expiação da sua culpa;

22. Com o carneiro da oferta pela culpa, o sacerdote fará expiação por ele diante do SENHOR, pelo pecado que cometeu; e este lhe será perdoado.

23. Quando tiverdes entrado na terra e plantardes qualquer tipo de árvore para comer seu fruto, considerareis proibido esse fruto; durante três anos será proibido; não o comereis.

24. Mas no quarto ano todo o seu fruto será consagrado como oferta de louvor ao SENHOR.

25. Comereis o seu fruto a partir do quinto ano, para que elas produzam ainda mais. Eu sou o SENHOR vosso Deus.

26. Não comereis nada com sangue. Não praticareis encantamentos nem adivinhação.

27. Não cortareis o cabelo nas laterais da cabeça, nem aparareis as pontas da barba.

28. Não cortareis o corpo por causa dos mortos, nem fareis marca na pele. Eu sou o SENHOR.

29. Não desonrarás tua filha, fazendo-a prostituir-se, para que a terra não se prostitua e não se encha de depravação.

30. Guardareis os meus sábados e reverenciareis o meu santuário. Eu sou o SENHOR.

31. Não procurareis os que consultam os mortos nem os feiticeiros. Não os consulteis, para não serdes contaminados por eles. Eu sou o SENHOR vosso Deus.

32. Levanta-te diante dos idosos, honra a pessoa do ancião e teme o teu Deus. Eu sou o SENHOR.

33. Quando um estrangeiro viver por um tempo na vossa terra, não o maltratareis.

34. O estrangeiro que viver entre vós será como um natural da terra. Devereis amá-lo como a vós mesmos, pois fostes estrangeiros na terra do Egito. Eu sou o SENHOR vosso Deus.

35. Não cometereis injustiça ao julgar medidas de comprimento, de peso ou de capacidade.

36. Tereis balanças justas, pesos justos, efa justo e him justo. Eu sou o SENHOR vosso Deus, que vos tirei da terra do Egito.

37. Guardareis todos os meus estatutos e todas as minhas leis, e os cumprireis. Eu sou o SENHOR.