Deuteronômio 13

1. Se um profeta ou alguém que adivinha por meio de sonhos aparecer entre vós e vos anunciar um sinal ou prodígio,

2. e o sinal ou prodígio de que tiver falado vier a acontecer, e ele disser: Vamos seguir outros deuses que nunca conhecestes e vamos cultuá-los,

3. não dareis atenção às palavras desse profeta ou sonhador, pois o SENHOR, vosso Deus, vos está provando para saber se amais o SENHOR, vosso Deus, de todo o coração e de toda a alma.

4. Segui o SENHOR, vosso Deus, e a ele temei. Guardai seus mandamentos e ouvi sua voz. A ele cultuareis e vos apegareis.

5. E o profeta ou sonhador morrerá, pois pregou a rebeldia contra o SENHOR, vosso Deus, que vos tirou da terra do Egito e vos resgatou da casa da escravidão, para vos desviar do caminho em que o SENHOR, vosso Deus, vos ordenou que andásseis. Assim exterminareis o mal do vosso meio.

6. Quando teu irmão, filho da tua mãe, ou teu filho, ou tua filha, ou a mulher do teu coração, ou um amigo muito chegado, te incitar em segredo, dizendo: Vamos cultuar outros deuses, os quais nunca conheceste, nem tu nem teus pais,

7. um dos deuses dos povos ao teu redor, de perto ou de longe, de uma a outra extremidade da terra,

8. não concordarás com ele, nem o ouvirás, nem terás piedade dele; não o pouparás, nem o esconderás,

9. mas certamente o matarás: a tua mão será a primeira contra ele para matá-lo, e depois a mão de todo o povo;

10. tu o apedrejarás até que morra, pois tentou afastar-te do SENHOR, teu Deus, que te tirou da terra do Egito, da casa da escravidão.

11. Ao saber disso, todo o Israel temerá, e não tornará a praticar semelhante pecado no meio de ti.

12. Se ouvires dizer que, em alguma das cidades que o SENHOR, teu Deus, te dá para nela habitares,

13. alguns homens sem escrúpulos, dentre o teu povo, incitaram os moradores da sua cidade, dizendo: Vamos cultuar outros deuses, os quais nunca conheceste,

14. então averiguarás com cuidado. Se for verdade, se for confirmado que se fez tal abominação no meio de ti,

15. certamente passarás os moradores daquela cidade ao fio da espada, destruindo-a e tudo o que nela houver, até mesmo os animais.

16. E ajuntarás todo o despojo no meio da praça; e queimarás totalmente a cidade e todo o despojo para o SENHOR, teu Deus, e ela ficará em ruínas para sempre; nunca mais será reconstruída.

17. Nada do anátema poderá ficar em tuas mãos, para que o SENHOR se afaste do ardor da sua ira, seja misericordioso contigo, tenha piedade de ti e te multiplique, como jurou a teus pais.

18. Ouve a voz do SENHOR, teu Deus, e guarda todos os seus mandamentos, que hoje te ordeno, fazendo o que é correto aos olhos do SENHOR, teu Deus.