Deuteronômio 23

1. Aquele que tiver os testículos esmagados, ou o membro viril cortado, não entrará na assembleia do SENHOR.

2. Nenhum bastardo entrará na assembleia do SENHOR; nem mesmo sua décima geração entrará na assembleia do SENHOR.

3. Nenhum amonita nem moabita entrará na assembleia do SENHOR; até sua décima geração jamais entrará na assembleia do SENHOR;

4. porque não saíram com pão e água para vos receber no caminho, quando saíeis do Egito, e porque contrataram Balaão, filho de Beor, de Petor, na Mesopotâmia, para te amaldiçoar.

5. Mas o SENHOR, teu Deus, não quis ouvir Balaão, mas trocou a maldição por bênção, porque o SENHOR, teu Deus, te amava.

6. Não procurarás nem paz nem prosperidade para eles, durante todos os teus dias, até o fim.

7. Não detestarás o edomita, pois é teu irmão; nem detestarás o egípcio, pois foste peregrino na terra dele.

8. A terceira geração dos filhos deles entrará na assembleia do SENHOR.

9. Quando acampares contra teus inimigos, evitarás toda impureza.

10. Se houver no meio de ti alguém impuro por causa de polução noturna, irá para fora do acampamento; não entrará ali.

11. Mas, ao cair da tarde, ele se lavará em água; e entrará no acampamento, depois do pôr do sol.

12. Também terás um lugar fora do acampamento, para onde sairás.

13. Entre os teus utensílios terás uma pá; e, quando te assentares lá fora, com ela cavarás e, virando-te, cobrirás teu excremento;

14. porque o SENHOR, teu Deus, anda no meio do teu acampamento, para te livrar e para te entregar os inimigos; por isso, teu acampamento será santo, para que ele não veja coisa impura em ti e se afaste de ti.

15. Não entregarás ao dono o escravo que se refugiar contigo, fugindo de seu senhor;

16. ele ficará contigo, no lugar que escolher em alguma das tuas cidades, onde lhe agradar. Não o oprimirás.

17. Não haverá mulher israelita que se prostitua em rituais, nem haverá quem faça isso entre os homens israelitas.

18. Não trarás o salário da prostituta nem o pagamento do prostituto para a casa do SENHOR, teu Deus, para pagar voto algum, pois essas duas coisas são abominação para o SENHOR, teu Deus.

19. Não cobrarás juros do teu irmão; nem de dinheiro, nem de comida, nem de qualquer outra coisa que se empresta a juros.

20. Poderás cobrar juros do estrangeiro; mas não cobrarás do teu irmão, para que o SENHOR, teu Deus, te abençoe em tudo o que fizeres, na terra que vais possuir.

21. Quando fizeres algum voto ao SENHOR, teu Deus, não demorarás para cumpri-lo, porque o SENHOR, teu Deus, certamente o cobrará de ti, e haverá pecado em ti.

22. Se, porém, não fizeres o voto, não haverá pecado em ti.

23. Guardarás e cumprirás o que tiver saído dos teus lábios, assim como fizeste voluntariamente o voto ao SENHOR, teu Deus, prometendo-o com a própria boca.

24. Quando entrares na vinha do teu próximo, poderás comer uvas à vontade, até te fartares, mas não as colocarás na tua sacola.

25. Quando entrares na plantação do teu próximo, poderás colher espigas com a mão, mas não usarás a foice na plantação do teu próximo.