Hebreus 5

1. Pois todo sumo sacerdote é designado dentre os homens, em favor dos quais é constituído nas coisas relativas a Deus, para que apresente ofertas e sacrifícios pelos pecados,

2. capaz de se compadecer devidamente dos que erram por ignorância, porque ele mesmo também está rodeado de fraqueza.

3. Por essa razão, ele deve oferecer sacrifício pelos pecados, tanto pelo povo como também por si mesmo.

4. Ninguém toma essa honra para si, a não ser quando chamado por Deus, como no caso de Arão.

5. Assim, Cristo também não glorificou a si mesmo para se tornar sumo sacerdote, mas sim aquele que lhe disse: Tu és meu Filho, eu hoje te gerei;

6. e que também diz em outro lugar: Tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque.

7. Nos dias de sua vida, com grande clamor e lágrimas, Jesus ofereceu orações e súplicas àquele que podia livrá-lo da morte e, tendo sido ouvido por causa do seu temor a Deus,

8. embora sendo Filho, aprendeu a obediência por meio das coisas que sofreu.

9. Depois de aperfeiçoado, tornou-se a fonte da salvação eterna para todos os que lhe obedecem,

10. proclamado sumo sacerdote por Deus, segundo a ordem de Melquisedeque.

11. Sobre isso, temos muitas coisas que dizer, embora difíceis de explicar, pois vos tornastes lentos para ouvir.

12. De fato, embora já devêsseis ser mestres, ainda precisais que alguém vos ensine de novo os princípios elementares da palavra de Deus, e vos tornastes necessitados de leite, e não de alimento sólido.

13. Qualquer pessoa que se alimenta de leite é inexperiente na palavra da justiça, pois é criança.

14. Mas o alimento sólido é para os adultos que, pela prática, têm suas faculdades morais exercitadas para distinguir entre o bem e o mal.