Tiago 2

1. Meus irmãos, como tendes fé em nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória, não façais discriminação de pessoas.

2. Porque, se entrar na vossa reunião algum homem com um anel de ouro no dedo e roupas caras, e entrar também algum pobre com roupas sujas,

3. e mostrardes atenção para o que vem com roupas caras e lhe disserdes: Senta-te aqui num lugar de honra; e disserdes ao pobre: Fica em pé, ou senta-te junto ao estrado onde ponho meus pés,

4. não estareis fazendo distinção entre vós mesmos e não vos tornareis juízes que se baseiam em padrões malignos?

5. Ouvi, meus amados irmãos. Por acaso, Deus não escolheu os pobres para o mundo, a fim de fazê-los ricos na fé e herdeiros do reino que prometeu aos que o amam?

6. Mas vós desonrais o pobre. Não são os ricos que vos oprimem e vos arrastam aos tribunais?

7. Não são eles que blasfemam o bom nome que vos foi dado?

8. Todavia, fazeis bem se estais obedecendo à lei real segundo a Escritura que diz: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

9. Mas, se fazeis discriminação de pessoas, estais cometendo pecado, e por isso sois condenados pela lei como transgressores.

10. Pois qualquer um que guarda toda a lei, mas tropeça em um só ponto, torna-se culpado de todos.

11. Porque o mesmo que disse: Não adulterarás, também disse: Não matarás. Se não cometes adultério, mas és homicida, tornas a ti mesmo transgressor da lei.

12. Falai e procedei como quem há de ser julgado pela lei da liberdade.

13. Porque o juízo será sem misericórdia para quem não usou de misericórdia. A misericórdia triunfa sobre o juízo.

14. Meus irmãos, que vantagem há se alguém disser que tem fé e não tiver obras? Essa fé poderá salvá-lo?

15. Se um irmão ou irmã estiverem necessitados de roupas e do alimento de cada dia,

16. e algum de vós lhes disser: Ide em paz, aquecei-vos e saciai-vos, e não lhes derdes as coisas necessárias para o corpo, que vantagem há nisso?

17. Assim também a fé por si mesma é morta, se não tiver obras.

18. Mas alguém dirá: Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me tua fé sem obras, e eu te mostrarei minha fé por meio de minhas obras.

19. Crês que Deus é um só? Fazes bem, pois os demônios também creem e estremecem.

20. Mas, ó homem insensato, queres ser convencido de que a fé sem obras é inútil?

21. Não foi pelas obras que nosso pai Abraão foi justificado quando ofereceu sobre o altar seu filho Isaque?

22. Vês que a fé cooperou com suas obras, e pelas obras a fé foi aperfeiçoada.

23. Assim se cumpriu a Escritura que diz: Abraão creu em Deus, e isso lhe foi atribuído como justiça, e ele foi chamado amigo de Deus.

24. Vedes então que o homem é justificado pelas obras e não somente pela fé.

25. De igual modo, a prostituta Raabe não foi também justificada pelas obras, quando acolheu os espias e os fez sair por outro caminho?

26. Pois assim como o corpo sem o espírito está morto, também a fé sem obras está morta.