1 Samuel 5

1. Os filisteus tomaram a arca de Deus e a levaram de Ebenézer para Asdode.

2. E, tomando a arca de Deus, os filisteus a colocaram no templo de Dagom, junto a Dagom.

3. No dia seguinte, quando os habitantes de Asdode se levantaram de madrugada, Dagom estava caído com o rosto em terra diante da arca do SENHOR; então levantaram Dagom e o puseram de volta no seu lugar.

4. Mas, quando se levantaram de madrugada no dia seguinte, Dagom estava caído com o rosto em terra diante da arca do SENHOR. A cabeça de Dagom e as duas mãos estavam cortadas sobre a soleira, restando apenas o tronco de Dagom.

5. Por isso, até o dia de hoje, nem os sacerdotes de Dagom, nem todos os que entram no templo de Dagom em Asdode, pisam na soleira de Dagom.

6. Entretanto, a mão do SENHOR pesou sobre os habitantes de Asdode e seus arredores, e os assolou, afligindo-os com tumores.

7. Quando os homens de Asdode viram isso, disseram: Que a arca do Deus de Israel não fique conosco, pois a sua mão pesou sobre nós e sobre nosso deus Dagom.

8. Por isso, mandaram reunir todos os chefes dos filisteus e disseram: Que faremos com a arca do Deus de Israel? Responderam: Que ela seja levada para Gate. Assim levaram a arca do Deus de Israel para lá.

9. Mas depois que a levaram para lá, a mão do SENHOR castigou a cidade, causando grande pânico; pois feriu os homens da cidade, desde o menor até o maior, e lhes nasceram tumores.

10. Então enviaram a arca de Deus a Ecrom. Mas, quando a arca de Deus chegou a Ecrom, os moradores de Ecrom exclamaram: Trouxeram a arca do Deus de Israel para matar a nós e ao nosso povo.

11. Mandaram reunir todos os chefes dos filisteus e disseram: Tirai daqui a arca do Deus de Israel e devolvei-a ao seu lugar, para que não mate a nós e ao nosso povo. Porque toda a cidade estava aterrorizada, e a mão de Deus pesava muito sobre ela.

12. Pois os homens que não morriam eram feridos com tumores; de modo que o clamor do povo da cidade chegava até o céu.