1 Samuel 6

1. A arca do SENHOR ficou na terra dos filisteus por sete meses.

2. Então os filisteus chamaram os sacerdotes e os adivinhadores para dizer-lhes: Que faremos com a arca do SENHOR? Dizei como devemos devolvê-la ao seu lugar.

3. Eles responderam: Se devolverdes a arca do Deus de Israel, não a mandeis sem nada, mas deveis enviar uma oferta pela culpa; então sereis curados e ficareis sabendo por que o poder divino vos atinge.

4. Então perguntaram: Que oferta pela culpa devemos enviar? Eles responderam: Cinco tumores de ouro e cinco ratos de ouro, de acordo com o número dos chefes dos filisteus, porque a praga é uma e a mesma sobre todos vós e sobre todos os vossos chefes.

5. Fazei imagens dos vossos tumores e dos ratos que andam destruindo a terra, e dai glória ao Deus de Israel. Talvez ele alivie o peso da sua mão de cima de vós, de vosso deus e da vossa terra.

6. Por que endureceríeis o coração, como fizeram os egípcios e o faraó? Depois do castigo divino, não deixaram ir o povo, que por fim se foi?

7. Agora, fazei uma carroça nova, tomai duas vacas com crias, sobre as quais nunca foi posto jugo, amarrai-as à carroça e separai os bezerros delas, deixando-os no curral.

8. Tomai a arca do SENHOR e colocai-a na carroça; colocai também um cofre ao seu lado com as joias de ouro que devereis oferecer ao SENHOR como ofertas pela culpa; e assim deixai-a ir.

9. Observai então: se ela subir em direção ao seu território, a Bete-Semes, foi ele quem nos enviou este grande castigo; mas, se não, saberemos que não foi a sua mão que nos feriu, e que isto nos sucedeu por acaso.

10. Assim fizeram aqueles homens: tomaram duas vacas com crias, amarraram-nas à carroça e fecharam os bezerros no curral;

11. também puseram a arca do SENHOR sobre a carroça, bem como o cofre com os ratos de ouro e com as imagens dos seus tumores.

12. Então as vacas foram caminhando diretamente em direção a Bete-Semes, seguindo a estrada, andando e berrando, sem se desviarem nem para a direita nem para a esquerda; e os chefes dos filisteus foram seguindo-as até o território de Bete-Semes.

13. Os moradores de Bete-Semes estavam colhendo o trigo no vale e se alegraram quando viram a arca.

14. Ao chegar ao campo de Josué, em Bete-Semes, a carroça parou ali, onde havia uma grande pedra. Cortaram a madeira da carroça e ofereceram as vacas ao SENHOR em sacrifício.

15. Então os levitas desceram a arca do SENHOR, e também o cofre com as joias de ouro que estava junto a ela, e os puseram sobre a grande pedra; e no mesmo dia os homens de Bete-Semes ofereceram holocaustos e sacrifícios ao SENHOR.

16. Quando os cinco chefes dos filisteus viram aquilo, voltaram para Ecrom no mesmo dia.

17. Estes são os tumores de ouro que os filisteus enviaram ao SENHOR como oferta pela culpa: um por Asdode, um por Gaza, outro por Asquelom, outro por Gate e outro por Ecrom.

18. Assim como os ratos de ouro, de acordo com o número de todas as cidades dos filisteus, pertencentes aos cinco chefes, desde as cidades fortificadas até os povoados campestres. A grande pedra sobre a qual puseram a arca do SENHOR é testemunha disso, pedra que ainda está até o dia de hoje no campo de Josué, em Bete-Semes.

19. O SENHOR feriu os homens de Bete-Semes, porque olharam para dentro da arca do SENHOR; feriu setenta homens do povo; então o povo se entristeceu, porque o SENHOR o havia ferido com tão grande matança.

20. Os homens de Bete-Semes disseram: Quem poderia permanecer diante do SENHOR, este Deus santo? A quem enviaremos para que se afaste de nós?

21. Enviaram mensageiros aos habitantes de Quiriate-Jearim, para lhes dizer: Os filisteus devolveram a arca do SENHOR; vinde e levai-a para vós.